O que é DANFE e como emitir

O que é DANFE

O Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica (DANFE) é uma representação gráfica simplificada da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e). Ele contém as principais informações da nota fiscal, como dados do emitente, do destinatário, produtos e serviços adquiridos, valores, entre outros. Deseja saber mais sobre o tema? nota fiscal https://www.meudanfe.com.br, recurso externo que preparamos para complementar sua leitura.

Benefícios do DANFE

O DANFE tem como principal objetivo facilitar a visualização e conferência das informações contidas na NF-e. Ele é uma versão impressa da nota fiscal eletrônica, tornando mais fácil o acesso aos dados da transação comercial para fins de fiscalização e controle.

O que é DANFE e como emitir 1

Além disso, o DANFE permite que o destinatário da mercadoria possa acompanhar o transporte dos produtos, uma vez que nele consta o número da chave de acesso da NF-e, que pode ser consultado no portal nacional da NF-e.

Como emitir o DANFE

A emissão do DANFE é feita pelo emitente da NF-e. Para isso, é necessário utilizar um software emissor de NF-e, que deve estar devidamente credenciado junto à Secretaria da Fazenda (SEFAZ) do estado em que a empresa está localizada. O software emissor é responsável por gerar o arquivo XML da NF-e, que é transmitido para a SEFAZ para obtenção da autorização de uso.

Após a autorização, o software emissor também permite a impressão do DANFE. É importante lembrar que o DANFE deve ser impresso em papel comum, em tamanho A4, e deve ser afixado na parte externa da embalagem dos produtos durante o transporte. Caso o DANFE seja perdido ou danificado, é necessário emitir uma segunda via para acompanhar a mercadoria.

Informações contidas no DANFE

O DANFE contém informações importantes para a identificação da nota fiscal eletrônica. Entre elas, destacam-se:

  • Número da NF-e;
  • Data e hora de emissão;
  • Nome e CPF/CNPJ do emitente;
  • Nome e CPF/CNPJ do destinatário;
  • Descrição dos produtos adquiridos;
  • Quantidade, valor unitário e total dos produtos;
  • Valor dos impostos;
  • Valor total da nota fiscal.
  • Todas essas informações são fundamentais para garantir a integridade da operação comercial e seu correto registro fiscal.

    Validade e armazenamento do DANFE

    O DANFE tem validade jurídica e fiscal por um prazo de 5 anos, contados a partir da data de emissão da nota fiscal eletrônica. Durante esse período, é fundamental que o DANFE seja mantido de forma organizada e segura, para facilitar a consulta e eventual comprovação de operações comerciais.

    Caso a empresa seja fiscalizada, será necessário apresentar o DANFE e a respectiva NF-e, bem como todos os documentos fiscais relacionados à operação, como contratos, comprovantes de pagamento, entre outros.

    Portanto, é importante que a empresa estabeleça uma rotina de organização e armazenamento dos DANFEs emitidos, seja em formato físico ou digital, garantindo assim a sua correta guarda e disponibilidade quando necessário.

    Conclusão

    O DANFE é um documento essencial para a visualização e conferência das informações contidas na Nota Fiscal Eletrônica. Sua emissão é feita pelo emitente da NF-e, utilizando um software emissor credenciado junto à SEFAZ. Além de facilitar o acesso aos dados da transação comercial, o DANFE também permite o acompanhamento do transporte dos produtos, conferindo maior segurança e controlo das operações.

    Portanto, é fundamental compreender o que é o DANFE e como emitir corretamente, garantindo assim a conformidade fiscal e o cumprimento das obrigações legais. Descubra mais dados acerca deste tópico neste material externo que sugerimos. Consulta Nfe Https://Www.Meudanfe.com.br.

    Gostaria de explorar outros pontos de vista sobre este assunto? Veja os links externos que reunimos para enriquecer sua pesquisa:

    Compreenda isso

    Leia esta matéria complementar

    Aprenda mais com este documento relacionado