Como Desenvolver Um Pc/Desktop Envenenado

Atualmente, o cuidado de enfermagem domiciliar está em pauta, em decorrência, principalmente, de necessidades sociais e de saúde da população. A atenção no domicílio agrega mais que um “tratamento médico residencial padronizado”, porque realça as habilidades funcionais do paciente, enfatizando tua autonomia1. O tema nesse estudo reside no que se alega à modalidade de assistência domiciliar.

Tal modalidade engloba situações de cuidado intermitente por um dano agudo ou agravo de longa duração, envolvendo ações educativas e/ou promoção de procedimentos que visam à redução do prejuízo e à cautela. Vários os fatores justificam a tendência à implantação de serviços de cuidado domiciliar, por exemplo diminuição de complicações clínicas, reinternações, ganho de massa muscular dos serviços de emergência, custos hospitalares e óbitos, assim como este uma maior participação da família no cuidado2. Entretanto, pra que tal estratégia seja benéfica para todos os seguimentos da sociedade, é preciso relacionar tuas justificativas à iluminação dos princípios éticos.

Existem inúmeras experctativas de abordagem ética, as quais consideram diferentes características e modelos explicativos, criados a partir de diferentes referenciais teóricos no contexto da tomada de decisão moral. Um dos modelos mais difundidos na área da saúde é o principialista, defendido por Tom Beauchamp e James Childress3. O principialismo teve grande destaque pela década de setenta e até hoje é adotado; contudo, vem sendo criticado por botar os princípios de modo principlamente intuito e racional. Embora existam diversas abordagens das dúvidas éti cas que divergiram em decorrência das diferentes visões de universo e da prosperidade dos conhecimentos, algumas noções ainda perduram, como a de agir segundo o bem.

  • Cactinea 500MG sessenta CÁPSULA
  • quatro Wikipédia Wikipédia Discussão cinco
  • 20,0% em aplicações que permanecem de 181 dias a 360 dias
  • Leandro citou: 09/10/11 ás 17:17
  • três a 4 colheres de pau cheias de leite em pó

Os princípios constituem um referencial ético concreto, que fornece um valor metodológico considerável, que permite cortar indefinições no campo das ações biomédicas. Frente a esse fato, faz-se vital refletir a observância dos princípios éticos no cuidado domiciliar, na modalidade de assistência domiciliar. Trata-se de um estudo exploratório descritivo, caracterizado por uma revisão crítica da bibliografia sobre isso como o cuidado domiciliar discute os princípios éticos à luminosidade da teoria de Beauchamp e Childress3.

Para tanto, realizou-se uma pesquisa de publicações indexadas nas seguintes bases de fatos: LILACS, MEDLINE, SciELO, BDENF e CAPES, usando-se como descritor sob controle o cuidado domiciliar (pela modalidade assistência domiciliar), tema desse estudo. Posteriormente, as referências encontradas foram confrontadas com teoria dos quatro princípios pra que fossem selecionadas pra análise término. A localização dos documentos aconteceu a partir de comutação bibliográfica, avesso de acervo disponível online e acervos particulares de pesquisadores da área.

Os estudos foram analisados com base pela técnica de observação de assunto de Bardin4, em que foram elaboradas 3 categorias preestabelecidas. Os profissionais de saúde respeitam o princípio da beneficência e não-maleficência ao delegarem suas funções aos cuidadores informais, e esses têm condições de atuarem como provedores do cuidado no domicílio? Estamos oferecendo o cuidado domiciliar obedecendo ao princípio de justiça, como uma modalidade, ou impondo como uma escolha mais conveniente pra instituição e/ou sistema de saúde? O cuidado domiciliar oportuniza a independência do paciente e da família no que se menciona a esta estratégia assistencial?

Os princípios éticos foram respeitados, buscando salvar os direitos devido à utilização dos referenciais bibliográficos, para a construção deste estudo. Observa-se que os serviços de atendimento domiciliário no Brasil estiveram quase a toda a hora ligados à área da Saúde Pública, visando à promoção da saúde e à prevenção de doenças2. Mundialmente, essa estratégia assistencial está difundindo-se mais rápido, devido à pergunta econômica, sendo esta um dos três fatores mais relevantes no seu crescimento5. Vários estudos apontam que o cuidado domiciliar elimina o tempo médio de internação hospitalar, elimina o número de reinternações, reduz custos de atenção à saúde, se intensifica a aderência ao tratamento do paciente sob assistência domiciliar.

Além do mais, nota-se a evolução da propriedade de vida do paciente e familiar, desenvolve-se como um novo instrumento de ensino aos graduandos e abertura de um novo campo de ação em pesquisa. Portanto, tal estratégia oferece maior conscientização ao paciente e cuidador do quadro patológico atual e, consequentemente, superior liberdade no tratamento, tal como as prioridades de cuidado ao paciente no domicílio são muito diferentes do cuidado desempenhado no hospital3,5,8-11.

Entretanto, o despreparo do cuidador pode também carregar sérios prejuízos ao paciente, ocasionando inclusive em frequentes hospitalizações12. Também, o despreparo podes gerar angústia e superior desgaste físico, tornando situações de traço para ambos13,14. Estudo demonstra que 67,5% dos cuidadores relataram ter problemas para realizar o cuidado. As dificuldades manifestadas pelos cuidadores não expressam apenas problemas específicas a atividades referentes ao cuidado, contudo relacionadas à prática familiar e aos sentimentos dos cuidadores15,16.